O Mundo Maravilhoso das Capas de Discos; 'Kid A', Radiohead (2000)


O Mundo Maravilhoso das Capas de Discos; 'Kid A', Radiohead (2000)

O álbum 'Kid A' do Radiohead, lançado em 2000, disco que sucedeu o aclamado 'OK Computer', é particularmente bom em produzir teorias de conspiração. Em um artigo para a revista The New Yorker, o romancista britânico Nick Hornby o chamou de "suicídio comercial", especulando que a banda pode ter intencionalmente se tornado estranho e experimental como forma de irritar o rótulo e sair do contrato com a EMI (e acabou sendo um sucesso surpreendente de vendas!).E então, o Chuck Klosterman da revista Spin afirma que o disco, sem querer, previa o 11 de setembro um ano antes dele acontecer!

Curiosamente, 'Kid A' incluiu pistas assustadoras para o futuro, mas não no próprio álbum - eles estavam escondidos na embalagem! Além do folheto de capa comum com as coisas usuais, como letras e créditos, houve um segundo, um folheto ligeiramente mais perturbador escondido atrás da bandeja do álbum. A bandeja era toda preta, então o livreto extra não era imediatamente visível. Ele apresentava arte estranha e trechos de letras, bem como algumas outras peças de texto que pareciam ser pedaços aleatórios de poesia.


Esses pedaços de texto não eram apenas escritos aleatórios feitos - eles eram letras reais de seus próximos dois álbuns, 'Amnesiac' de 2001 e 'Hail to the Thief' de 2003. Sim, o folheto secreto de aspecto satânico imprimiu as letras de músicas que não apareceriam por três anos. Concedido, é bastante comum que as bandas deixem as músicas fora dos álbuns e as reutilizem mais tarde, mas ainda é muito legal que aqueles que encontraram o livreto tenham uma prévia do futuro.

Depois de 'Hail to the Thief', o Radiohead ficou finalmente livre de seu contrato de gravação e lançou ' In Rainbows' de 2007, de forma independente.

Popular Posts

Música + Cinema; 'Cadillac Records', (2008) (Torrent Download + OST)

Música + Cinema; 'Some Kind of Monster', Metallica (2004) (Download Torrent)

As Favoritas de... Eddie Vedder (Pearl Jam)