Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2015

Discoteca Básica; 'Metal Box', Public Image Ltd. (1979)

Imagem
Discoteca Básica; 'Metal Box', Public Image Ltd. (1979)
A origem da expressão "álbum musical" está nas velhas coleções de discos 78 RPM, que vinham reunidos em uma capa única, como um álbum fotográfico. Foi na virada para a década de 70 que um outro tipo de disco associou-se ao termo: o álbum conceitual, tara dos progressivos, com suas suítes, capas duplas ilustradas, encartes e outros bichos em torno de um mesmo tema (para distrair o ouvinte da banalidade do som, segundo um crítico).


Pois a capa deste "Metal Box" recupera, maldosa e paradoxalmente, as duas noções: o conceito é o desconcerto, um disco triplo (45 RPM) sem roteiro fixo de audição, saudavelmente desordenado como seu próprio som. E ainda por cima metido num container de segurança (idéia também sugerida no lúgubre e contemporâneo "Fear of Music", dos Talking Heads) - para proteger-nos da música corrosiva ou para protegê-la do ouvinte? Tanto o invólucro encanta que a Second Edition do dis…

Far From Alaska (Natal, Brasil)

Imagem
Far From Alaska (Natal, Brasil)
Esse quinteto potiguar formado por Emmily Barreto (Vocais), Rafael Brasil (Guitarra), Cris Botarelli (Sintetizadores), Edu Figueira (Baixo) e Lauro Kirsch tem uma sonoridade que rompe barreiras geográficas e linguísticas. Oriundos de onde não se costuma ouvir notícias relativas a boa música e cantando em um Inglês além do perfeito e fluído, o FFA é um oásis na música alternativa brasileira. Taxa-los simplesmente de Stoner Rock, estilo frequentemente associado ao Queens of the Stone Age, é pouco. Não que a comparação não proceda, mas há um senso pop afiado e, claro, e chover no molhado rasgar seda para a voz de Emmily. Bluesy e sexy como PJ Harvey nos seus áureos e barulhentos tempos.
A banda lançou sem primeiro álbum completo em 2014, chamado 'ModeHuman'. O que mais impressiona, é a quantidade de grandes canções do álbum. Ele pode ser baixado completo e gratuitamente aqui.
Confira o single, a fantástica 'Dino vs. Dino'.


Mais informações;
http…

Discoteca Básica; 'Revolver', Walter Franco (1975)

Imagem
Discoteca Básica; 'Revolver', Walter Franco (1975)

"Apesar de tudo muito leve", cantava esse paulista de formação universitária, em plena época da barra-pesada. A sabedoria de Walter Franco está reunida no Revolver e no seu precursor, o enigmático "disco da mosca" , de 73, que tem as antológicas "Me Deixe Mudo" e "Cabeça" (defendida por ele, grande campeão de vaias, no último FIC da TV Globo). Os dois discos são fundamentais, mas foi Revolver que antecedeu e indicou direções mais atuais - ainda - para a música popular brasileira, graças ao tratamento mais "roqueiro" (arranjos eletrificados, uso de efeitos e outros recursos de estúdio) dado a suas composições. 
Como um trovador extraviado da geléia geral da Tropicália, ele cria miniaturas, paisagens sonoras independentes entre si, dando corpo a um trabalho extremamente rico na combinação de poesia e música (os arranjos ficaram a cargo do baixista Rodolpho Grani Jr.). No fundo, a …